As 10 maiores favelas do Brasil segundo o IBGE

Favela da Rocinha - Noite

O primeiro passo para solucionar qualquer problema é diagnostica-lo, e foi em busca desse diagnóstico que o IBGE detectou que em 2010 mais de 11 milhões de pessoas no brasil (mais de 6 % da população) viviam em favelas.

O critério aparentemente utilizado pelo IBGE define o tamanho da comunidade a partir da identificação do morador de auto declarar “a favela aonde mora”. O que acontece é que muitas vezes um determinado agrupamento irregular se divide em muitos outros, aumentando o número de favelas identificadas porém diminuindo seu tamanho.

E é claro, os números são de 2010, sendo bem possível que essa não seja mais nossa realidade. Ainda assim os números impressionam (e as fotos também).

10. Heliópolis, São Paulo – 41 118 habitantes

Favela Heliópolis


9. Cidade de Deus, Amazonas – 42 476 habitantes

Cidade de Deus - Manaus


8. Paraisópolis, São Paulo – 42 826 habitantes

Chama muito a atenção pelo contraste, literalmente muro a muro com o bairro do Morumbi.

Favela Paraisópolis


7. Pirambú, Ceará – 42 878 habitantes

Com vista para o Atlântico.

Favela Pirambu Ceará

 


6. Casa Amarela – Pernambuco – 53 030 habitantes

Favela Casa Amarela


5. Nova Jurunas – Pará – 53 129 habitantes

Favela Nova Jurunas


4. Coroadinho – Maranhão – 53 945 habitantes

Comunidade famosa pelas cenas de violência da capital maranhense.

Favela Coroadinho


3. Rio das Pedras – Rio de Janeiro – 54 793 habitantesFavela Rio das Pedras

2. Comunidade Sol Nascente – 56 483 habitantes

Favela SOl Nascente


1. Rocinha – Rio de Janeiro – 69 161 habitantes

A provável favela mais famosa do mundo, continua longe de ter seu trono ameaçado.

Favela Rocinha

 

 

Engenharia em Dia.