Londres quer tirar ciclovias das ruas

Ciclovia Solução

Com uma média de quase 5 mil acidentes por ano, nos últimos 5 anos, que resultaram na morte de 80 ciclistas, Londres procura meios de afastar a circulação de bicicletas do tráfego de veículos. O último censo, de 2011, mostra que naquele ano 155 mil londrinos ja usavam a magrela como meio de transporte para chegar ao trabalho, mostrando que o meio de transporte caiu no gosto da população. Sobram então propostas e projetos para as bicicletas.

Créditos: The Guardian

Proposta de ciclovia em Blackfriars Road. Créditos: The Guardian

O conhecido modelo de via segregadas pedestres-ciclistas-motoristas aparece como preferência e sem dúvidas é o que melhor atende a população. Entretanto nem sempre se tem espaço para tal. Ainda, essas obras afetam o trânsito e interferem muito com o dia a dia e demais necessidades da cidade, se tornando muito caras e viabilizando algumas propostas inusitadas e criativas.

O escritório Gensler Architecture propõe a ativação de antigos túneis de metrô da cidade, hoje desativados, transformando-os em vias exclusivas para as bicicletas. Além da criação de espaços de convivência nessas vias subterrâneas.

Na tentativa ainda de fazer uma obra mais simples, interferindo o mínimo na vida da capital britânica, o Thames Deckway propõe uma ciclovia flutuante ao longo do Rio Tâmisa. A proposta também inclui a circulação de pedestres e alguns aparelhos públicos, vale a pena conferir no site oficial.

Thames Deckway

Créditos: Thames Deckway

Outra ideia propõe ainda a construção de uma rede de 220 km de ciclovias elevadas, em moldes futuristas, sobre as linhas de trens que atravessam Londres. A proposta da Foster and Partners sem dúvidas é de brilhar os olhos e daria cara nova à cidade. Resta saber se o projeto é economicamente viável ou se haveriam tantos ciclistas para utilizar esses espaços.

Sky Cycle Londres

Sky Cycle. Créditos: Foster and Partners 

A convivência entre ciclistas, pedestres e veículos causa problemas em todas as grandes cidades o mundo, e colocar essa discussão em pauta é o único caminho para equilibrar a convivência nessa balança.

Engenharia em Dia.

 

Para saber mais: As idéias mais estranhas para o transporte de Londres.